Frida-crítica-do-documentário-filme-Prime-Video-2024

Foto: Prime Video / Divulgação

O documentário “Frida”, lançado em 2024 pelo Prime Video, mergulha na vida e obra de uma das artistas mais emblemáticas do século XX, Frida Kahlo. Dirigido por Carla Gutierrez, o filme promete uma abordagem íntima e reveladora, utilizando-se de imagens de arquivo, entrevistas e análises de especialistas para construir um retrato multifacetado da artista mexicana.

Leia também

A maestria de Nolan em ‘Oppenheimer’

‘Agente X: A Última Missão’ promete mais do que entrega

‘Minha Irmã e Eu’ garante boas risadas

Sinopse do documentário Frida (2024)

Uma jornada intimamente franca e mágica pela vida, mente e coração da icônica artista Frida Kahlo. Contada através de suas próprias palavras pela primeira vez – extraídas de seu diário, revelando cartas, ensaios e entrevistas impressas – e trazidas vividamente à vida por uma animação lírica inspirada em suas obras de arte inesquecíveis.

Leia mais críticas de filmes do Prime Video

Crítica de Frida, do Prime Video

O documentário “Frida” apresenta uma visão fascinante da vida e obra de Frida Kahlo, uma das artistas mais emblemáticas do século XX. O filme consegue capturar a essência da pintora mexicana, explorando não apenas sua arte, mas também sua vida pessoal, suas lutas e seu legado.

Um dos pontos fortes é a maneira como o documentário aborda a complexidade de Frida Kahlo. Através de uma combinação de imagens de arquivo, entrevistas com especialistas e relatos de pessoas que conheceram a artista, o filme consegue apresentar uma visão multifacetada da artista.

É particularmente louvável a forma como o documentário aborda a relação de Frida com seu corpo, marcado por uma série de desafios de saúde e um acidente que a deixou com dores crônicas. Essa abordagem humaniza a artista e ressalta a resiliência que transparece em sua obra.

Porém…

No entanto, o documentário poderia se aprofundar mais nas nuances de algumas questões. Por exemplo, a relação entre Frida Kahlo e Diego Rivera é abordada, mas falta uma exploração mais detalhada das dinâmicas de poder e influências mútuas em suas obras. Além disso, o filme poderia beneficiar-se de uma análise melhor sobre as influências políticas e culturais que moldaram a arte de Kahlo, especialmente seu envolvimento com o comunismo e o impacto do contexto histórico mexicano em seu trabalho.

Outro aspecto que merece destaque é a produção visual do documentário. A utilização de obras de arte de Kahlo para ilustrar pontos da narrativa é eficaz e permite que o espectador aprecie a profundidade e a complexidade de sua arte. No entanto, a falta de material inédito ou raramente visto pode ser uma decepção para os fãs mais ávidos da artista, que esperavam descobertas ou revelações mais surpreendentes.

Leia tudo sobre séries do Prime Video

Conclusão

Em suma, “Frida” oferece uma visão abrangente e respeitosa sobre uma das figuras mais fascinantes da história da arte. Apesar de algumas limitações, o documentário consegue capturar a essência de Frida Kahlo, apresentando-a não apenas como uma artista excepcional, mas também como uma mulher à frente de seu tempo.

  • Vai comprar na Amazon? Então ajude o Flixlândia adquirindo seus produtos pelo nosso link: https://amzn.to/41fnLbN

Siga o Flixlândia nas redes sociais

Onde assistir ao documentário Frida (2024)?

O filme “Frida” está disponível no catálogo do Prime Video.

Trailer do filme Frida, do Prime Video (2024)

Ficha técnica do documentário Frida, do Prime Video (2024)

  • Título original: Frida
  • Direção: Carla Gutierrez
  • Gênero: documentário
  • País: Estados Unidos
  • Ano: 2024
  • Duração: 87 minutos
  • Classificação: 14 anos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *