À Queima-Roupa crítica do filme Netflix 2019

Foto: Netflix / Divulgação

Remake do francês “À Deriva” (2010), o filme “À Queima-Roupa” (Point Blank), dirigido por Joe Lynch e estrelado por Anthony Mackie e Frank Grillo, alcançou o top 10 da Netflix mesmo sendo de 2019. A julgar pelo gosto médio dos assinantes da plataforma, entendemos a razão disso.

Leia também

Oppenheimer surge como ‘favoritaço’ ao Oscar 2024: veja a lista completa de filmes indicados

‘A Favorita’ é um filme fascinante

‘Mercenários 4’ é ‘favorito’ ao Framboesa de Ouro 2024: veja a lista completa dos indicados

Sinopse de À Queima-Roupa

A trama gira em torno do enfermeiro Paul, interpretado por Mackie, cuja vida vira de cabeça para baixo quando sua esposa é sequestrada. Para salvá-la, ele é forçado a colaborar com Abe (Grillo), um criminoso ferido em uma série de reviravoltas e cenas de ação.

Leia mais críticas de filmes da Netflix

À Queima-Roupa é bom?

O filme tem uma premissa simples, mas eficaz, conseguindo construir um mistério instigante em torno do sequestro e das motivações por trás dele. A química entre Anthony Mackie e Frank Grillo é boa, e ambos têm atuações convincentes em seus respectivos papéis. Mackie, conhecido por seu trabalho no Universo Cinematográfico da Marvel, demonstra sua versatilidade ao interpretar um personagem com nuances emocionais completamente diferentes de seu super-herói Falcão.

A direção de Joe Lynch cria cenas de ação intensas, bem coreografadas, proporcionando ao público uma experiência visualmente estimulante. As sequências de perseguição e os confrontos físicos também são frenéticos, mantendo um ritmo acelerado ao longo do filme.

Ia tudo muito bem, mas…

No entanto, “À Queima-Roupa” possui uma trama, que, embora inicialmente intrigante, cai em clichês do gênero, perdendo parte de seu apelo original. As reviravoltas da história são forçadas e, em alguns momentos, a história parece depender mais da ação do que do desenvolvimento substancial dos personagens.

Além disso, a falta de profundidade dos coadjuvantes contribui para a sensação de que o filme poderia ter explorado mais os motivos e as relações entre eles. A trilha sonora, embora condizente com o que se vê em tela, também não faz qualquer diferença para quem está assistindo, sem gerar nenhum impacto significativo.

Leia críticas de séries da Netflix

Conclusão

No geral, “À Queima-Roupa” é um filme de ação divertido e bem realizado, mas a trama genérica e algumas escolhas narrativas previsíveis impedem que o filme saia do mais do mesmo.

  • Vai comprar na Amazon? Então ajude o Flixlândia adquirindo seus produtos pelo nosso link: https://amzn.to/41fnLbN.

Siga o Flixlândia nas redes sociais

Onde assistir ao filme À Queima-Roupa (2019)?

O filme “À Queima-Roupa” está disponível para assinantes da Netflix.

Trailer do filme À Queima-Roupa, da Netflix (2019)

À Queima-Roupa: elenco do filme da Netflix (2019)

  • Frank Grillo
  • Anthony Mackie
  • Marcia Gay Harden
  • Stuart F. Wilson
  • Buster Reeves
  • Christian Cooke
  • Teyonah Parris

Ficha técnica do filme À Queima-Roupa, da Netflix (2019)

  • Título original do filme: Point Blank
  • Direção: Joe Lynch
  • Roteiro: Fred Cavayé, Guillaume Lemans, Adam G. Simon
  • Gênero: ação, policial, drama
  • País: França, Estados Unidos
  • Ano: 2019
  • Duração: 86 minutos
  • Classificação: 16 anos

2 thoughts on “‘À Queima-Roupa’: previsível, mas divertido

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *