Os Corretores de Beverly Hills temporada 2 crítica do reality Netflix 2024

Foto: Netflix / Divulgação

A temporada 2 de “Os Corretores de Beverly Hills” (Buying Beverly Hills), reality show da Netflix, mergulha no mundo luxuoso e dramático dos imóveis de alto padrão, The Agency. Comandada por Mauricio Umansky, marido da estrela de reality show Kyle Richards, a série promete ostentar mansões milionárias, negociações acirradas e muita intriga familiar e profissional.

Leia também

Segunda temporada de ‘Rainhas para Sempre’ entretém, mas não conquista

‘O Mistério do Juiz Di’ peca pelo ritmo e pela ausência de suspense

‘O Problema dos 3 Corpos’ não é o novo Game of Thrones, mas cumpre o que promete

Sinopse de Os Corretores de Beverly Hills, da Netflix (2024)

Administrada pela família de Mauricio Umansky, a Agency é uma imobiliária que trabalha com propriedades luxuosas de Beverly Hills. E por aqui, é um drama a cada esquina. Na temporada 2, em meio a propriedades caríssimas e muita competição, os negócios da Agency acabam aumentando a tensão, o drama e os problemas românticos da equipe.

Leia mais críticas de séries da Netflix

Crítica da temporada 2 de Os Corretores de Beverly Hills

A atração principal da segunda temporada de “Os Corretores de Beverly Hills” não são as propriedades luxuosas (embora elas estejam lá em todo o seu esplendor), mas sim o drama pessoal e profissional dos corretores da The Agency. Desentendimentos entre colegas, disputas por liderança e até mesmo a separação de Mauricio e Kyle são alguns dos ingredientes que transformam o programa em uma novela de reality show.

Apesar de ser apresentado como um reality show para a família, “Os Corretores de Beverly Hills” expõe as tensões e ambições que permeiam a relação entre os Umansky. A separação de Mauricio e Kyle, e a disputa entre as filhas, Farrah e Alexia, por destaque na imobiliária revelam que o glamour não esconde os conflitos familiares.

Foco na ostentação

Assim como outras séries do gênero, “Corretores de Beverly Hills” abusa da ostentação. Roupas de grife, festas extravagantes e mansões deslumbrantes ocupam boa parte do tempo de tela. Para quem gosta de ver um pouco do estilo de vida luxuoso de Beverly Hills, o reality cumpre o que promete. Mas, se você busca um programa que explore o mercado imobiliário de alto padrão com análises e discussões sobre tendências e estratégias de investimento, o programa vai deixar a desejar, já que prioriza o drama e a vida pessoal dos corretores, deixando de lado o lado mais técnico do ramo.

Leia críticas de filmes da Netflix

Conclusão

A temporada 2 de “Corretores de Beverly Hills” é um reality show divertido para quem gosta de acompanhar fofocas, dramas familiares e a vida luxuosa de Beverly Hills. No entanto, se você procura algo mais profundo sobre o mercado imobiliário, é melhor procurar outra opção. Prepare-se para se encantar com mansões deslumbrantes, mas não espere análises criteriosas sobre o assunto.

  • Vai comprar na Amazon? Então ajude o Flixlândia adquirindo seus produtos pelo nosso link: https://amzn.to/41fnLbN

Siga o Flixlândia nas redes sociais

Onde assistir ao reality Os Corretores de Beverly Hills (2024)?

A temporada 2 de “Os Corretores de Beverly Hills” estreou nesta sexta-feira, dia 22 de março de 2024, no catálogo da Netflix.

Trailer da temporada 2 de Os Corretores de Beverly Hills, da Netflix (2024)

Ficha técnica do reality Os Corretores de Beverly Hills, da Netflix (2024)

  • Título original: Buying Beverly Hills
  • Gênero: reality show
  • País: Estados Unidos
  • Ano: 2024
  • Temporada: 2
  • Episódios: 10
  • Duração: de 43 a 52 minutos
  • Classificação: 12 anos

Sobre o autor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *