Cena do filme Clair Obscur lançado em 2016 na Netflix

Foto: Divulgação Netflix

Com título original Tereddüt, o  filme turco de drama com direção de Yeşim Ustaoğlu foi lançado em 2016. O longa foca na vida pessoal da psiquiatra Sehnaz que começa a atender a jovem Elmas Karaali em seu consultório e a partir daí passa reavaliar o próprio casamento .

Com classificação etária  de 16 anos, Clair Obscur traz algumas cenas de sexo por mostrar problemas relacionados à sexualidade, relacionamentos tóxicos e violências contra a mulher. A produção mostra que todas essas questões podem ocorrer com pessoas de variadas idades, credos e classes sociais. 

O drama turco conta com uma bela fotografia que colabora para uma compreensão mais profunda do roteiro. Para isso, basta prestar atenção principalmente na importância da água no longa e da claridade ou escuridão.

Descubra outros filmes turcos na Netflix!

Sinopse do drama turco Clair Obscur (Tereddüt)

Sehnaz (Funda Eryigi) é uma psiquiatra que mora em frente a praia com seu marido Cem  (Mehmet Kurtulus). A médica bem-sucedida tem uma rotina aparentemente feliz, mas começa a refletir sobre o seu relacionamento amoroso após tratar a paciente Elmas (Ecem Uzun): uma jovem que assassinou seu marido e sua sogra  para se livrar de uma rotina opressora com uma família tóxica. 

O que significa Tereddüt (título do filme em turco)

Dúvida é a tradução literal da palavra Tereddüt que é o título original do filme turco. O que tem tudo a ver com o roteiro do drama, já que deixa o espectador da Netflix sem algumas certezas do início ao fim. Confira os principais questionamentos que Clair Obscur deixa em aberto:

  • Como Elmas matou seu marido (a sogra até se sabe)
  • Qual a verdadeira idade de Elmas?
  • Como será a vida de Dra Sehnaz do acontecimento final do longa para frente?
  • Ela vai dar continuidade ao que começou com o colega de trabalho ou foi apenas algo momentâneo?  Ou vai seguir adiante sozinha?
  • Como será a vida de Elmas após sua saída do hospital (até se sabe o que provisoriamente irá acontecer, mas não temos uma informação definitiva)
  • E por aí vai…  

Com um conceito como dúvida no título original do longa turco, faz total sentido o final aberto que Tereddüt (Clair Obscur) tem.

O que significa Clair Obscur (título do filme turco traduzido pela Netflix)

Clair Obscur é uma expressão do idioma francês que pode ser traduzido para a língua portuguesa como Claro-Escuro sendo utilizada para enfatizar o contraste de algo. 

Já no meio artístico, o termo expressa o contraste entre áreas iluminadas e áreas escuras de uma produção audiovisual ou uma obra de arte. 

No filme de drama da Turquia, esse contraste que o título traduzido faz referência tem a ver com as diferenças entre Sehnaz e Elmas.

Enquanto a médica vivencia um estilo de vida contemporâneo (é realizada profissionalmente, tem uma condição financeira boa, vive como uma mulher livre, mantém o controle emocional para tratar os seus pacientes, etc.), a jovem tem uma rotina opressora (além de ser  de classe baixa, dependente financeiramente da família, dona de casa submissa ao marido e à sogra, Elmas nunca pôde fazer suas escolhas). 

Porém, o filme revela também que, em meio a todo esse contraste, as personagens podem ter mais coisas em comum do ponto de vista da sexualidade e relacionamento do que se pode supor ao começar a ver o longa. Em níveis bem diferentes, mas o desrespeito em casa é algo em comum entre ambas.

mar com por do sol ao fundo

Água: elemento importante no drama turco

O mar é quase personagem coadjuvante no filme Clair Obscur porque a observação dele é feita em momentos-chave pelas 2 personagens mais importantes da trama: Sehnaz e Elmas .

Uma interpretação possível para a importância da água no roteiro do drama turco é que ela dá pistas ao espectador sobre as emoções de Sehnaz. E se você seguir por essa ótica, o mar está intimamente ligado ao relacionamento amoroso da protagonista (levando em conta ela como mulher e não psiquiatra nesses momentos). 

A primeira cena do longa começa dentro do mar (como alguém saindo de um mergulho), depois aparece um mar turbulento visto da areia. E na sequência a câmera vai se afastando até mostrar Sehnaz olhando as ondas fortes e a chuva por trás da cortina na janela de casa antes de ir para o trabalho (onde não há mais mar e sim muita terra). 

O que pode dar a entender ao espectador a necessidade do afastamento das próprias emoções, por parte da protagonista, para poder cumprir o seu trabalho de psiquiatra que requer muito equilíbrio emocional, pé no chão e clareza

no ambiente doméstico, onde o foco são as emoções e o relacionamento amoroso, a situação é bem diferente… 

Com base nessa interpretação possível (entre tantas outras), vale a pena prestar atenção nos momentos em que o mar, a chuva, o chuveiro aparecem em cena. Inclusive notar quando a água está calma ou com ondas e até mesmo quando há takes que simulam um mergulho.  

 Filme Clair Obscur: Final Explicado 

A cena final do drama turco mostra a protagonista Sehnaz dirigindo seu carro aos prantos e com uma luz solar ao fundo, que por vezes, toma conta da cena, deixando tudo muito claro. O que acontece após uma briga com o marido, que a desrespeitou em vários níveis ao longo do filme, e por isso ela resolve dar um basta no casamento aos berros. 

A gota d’água foi quando Cem pegou o seu prato de comida vazio (que tinha acabado de comer tudo) e retirou da mesa também o prato de comida cheio de Sehnaz (que ainda estava comendo com vontade) para jogar a comida que a esposa comia no lixo só porque queria lavar a louça naquele momento. Sendo que ele já havia interrompido o sossego do banho da mulher para avisar que estava na hora de jantar.

Um desavisado poderia interpretar como uma reação exagerada de Sehnaz, mas do ponto de vista da protagonista, foi mais uma atitude totalmente egoísta do seu marido egocêntrico (que só via a si mesmo e usava a esposa apenas para satisfazer suas necessidades e no momento que era conveniente para ele).

A briga de casal vira algo mais abusivo quando o marido impede a esposa de sair de casa. A médica só consegue deixar o local quando ele pega no sono. Então ela consegue dirigir o seu automóvel, aparentemente sem rumo, com a finalidade de escapar daquele relacionamento tóxico. 

Em relação a Elmas, ela sai do hospital e aparece em sua cena final no longa ouvindo música na casa da vizinha (mulher que a jovem viúva sempre bisbilhotava pela janela).

O final das 2 personagens fica em aberto deixando o espectador preencher as lacunas com sua imaginação. Quanto a Elmas, é possível subentender que ela vai recomeçar a vida com ajuda de amigos (já que sua família é tóxica). 

Já em relação a Sehnaz, o drama dá a entender com a cena final que ela provavelmente deixou seu casamento para trás e vai tocar sua vida amorosa, com maior clareza, embora ainda não saiba onde o novo caminho vai levar.  Bom, essas são possíveis interpretações…

Também gosta de assistir comédia turca? Confira nossa crítica do filme as 9 Vidas de Leyla!

Vale a pena assistir o drama Tereddüt?

Se você gosta de filmes dramáticos com roteiros que convidam à reflexão, por serem bem verossímeis e contemporâneos, vale a pena assistir Clair Obscur, que traz ótimas atuações, com destaque para as atrizes Ecem Uzun e Funda Eryigi. 

Mas, se você espera um final direto ao ponto (que deixa tudo perfeitamente redondo e bem amarrado sem espaço para imaginações) e até mesmo espera um dramalhão turco para chorar bastante, então Tereddüt pode não atender às suas expectativas. 

Clair Obscur trata de temas pesados como relações abusivas sem sensacionalismos. Há acontecimentos pesados narrados com sutileza, mas também há momentos intensos com explosões emocionais das personagens que são bem humanizadas.

Clair Obscur: Ficha técnica do filme da Turquia

  • Título original: Tereddüt
  • Elenco: Funda Eryigit, Ecem Uzun, Okan Yalabik, Mehmet Kurtulus, Sekna Poyraz e Serkan Keskin
  • Direção: Yeşim Ustaoğlu
  • Roteiro: Yeşim Ustaoğlu
  • Ano de lançamento: 2016
  • País: Turquia
  • Gênero: Drama
  • Duração: 1h42 minutos

 

2 thoughts on “Clair Obscur: Vale a pena assistir ao filme turco de drama na Netflix?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *