Os 100 Anos do Teatro Egípcio de Hollywood crítica do filme curta-metragem da Netflix 2023 Graumans Egyptian

Foto: Netflix / Divulgação

O Teatro Egípcio de Hollywood (ou Grauman’s Egyptian Theatre, em seu nome original) é um cinema histórico localizado na Hollywood Boulevard, em Los Angeles, Califórnia. Inaugurado em 1922, é um dos primeiros exemplos de palácio cinematográfico luxuoso e é conhecido como o local da estreia cinematográfica de Hollywood. De 1998 a 2020, foi propriedade e operado pela Cinemateca Americana, uma organização cultural baseada em membros.

Em maio de 2020, a Netflix se tornou a dona do cinema e, por isso, chega agora ao catálogo da plataforma o filme “Os 100 Anos do Teatro Egípcio de Hollywood”, curta-metragem de 11 minutos estrelado por Guillermo del Toro, Rian Johnson e outros ícones, que relembram o histórico espaço.

Após um enorme projeto de restauração pela Netflix, o cinema foi reaberto recentemente, em 6 de novembro de 2023, com o serviço de streaming cuidando da programação de segunda a quinta-feira e a Cinemateca Americana supervisionando de sexta a domingo.

Leia também

‘A Família Noel 3’ antecipa o clima natalino para o começo de novembro

‘Boogie’ aborda questões importantes, mas não aproveita todo o seu potencial

‘Nganù’ é um drama camaronês de primeira linha

O amor pelo cinema

O filme destaca toda a tradição do espaço ao mesmo tempo que entrelaça com toda a história do cinema, mostrando cenas de produções clássicas com depoimentos emocionantes de quem faz literalmente o cinema: produtores, cineastas, roteiristas, diretores de fotografia, entre outros. Senti falta apenas de relatos de atores, que é quem trabalha, de fato, de frente para as câmeras.

Dirigido por Angus Wall, mais conhecido por seus trabalhos como produtor, o filme “Os 100 Anos do Teatro Egípcio de Hollywood” é, ao mesmo tempo, uma propaganda de um produto da Netflix e uma declaração de amor ao cinema, com um sentimento de nostalgia e emoção. Mostra a importância das produções para as mais variadas gerações, com sua formação de caráter e realização de sonhos.

O curta-metragem, em apenas 11 minutos, transpõe para a tela a diferença de se assistir às produções em um ambiente propício para se deixar contagiar pela sétima arte. Ainda que seja produzido para uma plataforma ligada a aparelhos de TV, celulares, computadores e notebooks, como diz Guillermo del Toro em uma de suas falas: não há nada igual a assistir um filme no cinema. O tamanho da tela e a sala escura (e aí, acrescento eu, o som retumbante de uma sala de exibição) fazem toda a diferença.

Onde assistir ao filme Os 100 Anos do Teatro Egípcio de Hollywood (2023)?

O filme “Os 100 Anos do Teatro Egípcio de Hollywood” estreou nesta quinta-feira, dia 9 de novembro de 2023, no catálogo da Netflix.

Trailer do filme Os 100 Anos do Teatro Egípcio de Hollywood, da Netflix (2023)

Os 100 Anos do Teatro Egípcio de Hollywood: elenco do filme da Netflix (2023)

  • Guillermo del Toro
  • Autumn Durald Arkapaw
  • Rian Johnson

Ficha técnica do filme Os 100 Anos do Teatro Egípcio de Hollywood, da Netflix (2023)

  • Título original do filme: Temple of Film: 100 Years of the Egyptian Theatre
  • Direção: Angus Wall
  • Gênero: documentário
  • País: Estados Unidos
  • Ano: 2023
  • Duração: 11 minutos
  • Classificação: 12 anos

2 thoughts on “O cinema apaixonante em ‘Os 100 Anos do Teatro Egípcio de Hollywood’

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *