Xógum - A Gloriosa Saga do Japão crítica da série, Star Plus e Disney Plus (2024) (1)

Foto: Star+ e Disney+ / Divulgação

A série “Xógum: A Gloriosa Saga do Japão” (Shōgun), da FX, que chega com dois episódios nesta terça-feira (27) nos catálogos do Star+ e da Disney+ (já se preparando para a fusão dos dois streamings), é uma reimaginação impressionante do romance clássico de James Clavell, ambientado no Japão feudal do século XVII. Somente os dois primeiros episódios já deixam o espectador eufórico para o que vem por aí nas próximas semanas.

Leia também

Live-action ‘Avatar: O Último Mestre do Ar’: assista agora a cena épica revelada pela Netflix

Netflix libera trailer final INCRÍVEL da série ‘Avatar’: CONFIRA!

Elenco de ‘Avatar’, da Netflix, reage ao trailer e revela histórias exclusivas da série

Sinopse da série Xógum: A Gloriosa Saga do Japão (2024)

Adaptação original do romance de James Clavell, “Xógum” decorre no Japão no ano de 1600, no início de uma guerra civil que definiu o século. O Senhor Yoshii Toranaga está a lutar pela vida enquanto os seus inimigos do Conselho de Regentes se unem contra ele.

Quando um misterioso navio europeu é encontrado encalhado numa aldeia piscatória próxima, o seu piloto inglês, John Blackthorne, conhece segredos que poderiam ajudar Toranaga a inclinar a balança do poder e a arrasar a terrível influência dos próprios inimigos de Blackthorne: os padres jesuítas e os mercadores portugueses.

Os destinos de Toranaga e Blackthorne tornam-se intrinsecamente ligados à sua tradutora, Toda Mariko, uma misteriosa nobre cristã e a última de uma linhagem desonrada. Enquanto serve o seu senhor no meio deste cenário político tenso, Mariko tem de reconciliar a sua nova companhia de Blackthorne, o seu compromisso com a fé que a salvou e o seu dever para com o falecido pai.

Leia mais críticas de séries da Netflix

Crítica da série Xógum: A Gloriosa Saga do Japão (2024)

Os dois primeiros episódios de “Xógum” estabelecem uma base sólida para a série, apresentando os principais personagens e ambientando o espectador no Japão feudal do século XVII. A história começa com a chegada de John Blackthorne (Cosmo Jarvis) ao Japão, após seu navio, o Erasmus, naufragar nas costas do país. A partir desse momento, somos imersos em um mundo de intrigas políticas, rivalidades entre clãs e choque cultural entre os europeus e os japoneses.

Um dos pontos mais fortes desses episódios iniciais é a riqueza de detalhes na ambientação. Os cenários e figurinos são deslumbrantes, transportando o espectador para o Japão medieval de forma vívida e autêntica. A fotografia é impressionante, capturando a beleza e a grandiosidade do país, ao mesmo tempo em que evoca uma sensação de mistério e perigo iminente. O elenco também se destaca, com boas atuações de Jarvis como o protagonista John Blackthorne e Hiroyuki Sanada como o astuto senhor Toranaga, por exemplo. Ambos os atores conseguem transmitir a complexidade de seus personagens, tornando-os interessantes de se observar.

No entanto, nem tudo são flores nos dois primeiros episódios de “Xógum”. Em alguns momentos, a história parece um pouco arrastada, especialmente para aqueles que não estão familiarizados com a história original de James Clavell. Além disso, a série pode ser um pouco difícil de acompanhar devido à quantidade de personagens e às complexas relações entre eles. Portanto, é necessária atenção redobrada durante os mais de 60 minutos de cada capítulo.

Leia críticas de filmes da Netflix

Conclusão

No geral, os dois primeiros episódios de “Xógum” estabelecem uma base sólida para o que promete ser uma série épica e envolvente. Com uma produção de alta qualidade, performances excepcionais e uma trama rica em drama e intriga, a série tem o potencial de atrair e surpreender os espectadores ao longo de sua temporada de 10 capítulos.

  • Vai comprar na Amazon? Então ajude o Flixlândia adquirindo seus produtos pelo nosso link: https://amzn.to/41fnLbN

Siga o Flixlândia nas redes sociais

Onde assistir à série Xógum: A Gloriosa Saga do Japão?

A série “Xógum: A Gloriosa Saga do Japão” estreou nesta terça-feira, dia 27 de fevereiro de 2024, no catálogo do Star+ e do Disney+.

Trailer da série Xógum: A Gloriosa Saga do Japão, do Star+ / Disney+ (2024)

Elenco de Xógum: A Gloriosa Saga do Japão, série do Star+ / Disney+ (2024)

  • Hiroyuki Sanada
  • Cosmo Jarvis
  • Anna Sawai
  • Tadanobu Asano
  • Takehiro Hira

Ficha técnica da série Xógum: A Gloriosa Saga do Japão, do Star+ / Disney+ (2024)

  • Título original da série: Shôgun
  • Criação: Rachel Kondo, Justin Marks
  • Direção: Frederick E.O. Toye, Jonathan van Tulleken, Charlotte Brändström, Takeshi Fukunaga, Hiromi Kamata, Emmanuel Osei-Kuffour
  • Roteiro: Maegan Houang, Rachel Kondo, Justin Marks, Emily Yoshida, James Clavell, Shannon Goss, Matt Lambert, Caillin Puente, Nigel Williams
  • Gênero: ação, drama, suspense
  • País: Estados Unidos
  • Ano: 2024
  • Temporada: 1
  • Episódios: 10 (foram lançados dois até o momento)
  • Duração: de 60 a 71 minutos
  • Classificação: 16 anos

Sobre o autor

3 thoughts on “‘Xógum: A Gloriosa Saga do Japão’ é uma reimaginação impressionante do clássico romance

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *