Desnatural crítica da série dorama Netflix 2018

Foto: Netflix / Divulgação

O dorama japonês “Desnatural” (Unnatural), de 2018, que estreou no catálogo da Netflix, é uma série que mescla mistério e drama, abordado as dificuldades da investigação de mortes não naturais. Explorando temas que vão além do procedimento padrão, a produção asiática se destaca por seu aprofundamento nos dilemas morais e humanos enfrentados pelos patologistas forenses.

Leia também:

Sinopse de Desnatural, da Netflix

A série gira em torno da Unidade de Investigação de Morte Não Natural (UDI), onde uma equipe de patologistas forenses, liderada por Mikoto Misumi e Kai Nakado, trabalha para desvendar as causas por trás de mortes suspeitas no Japão. Em um país onde a maioria dos corpos é cremada rapidamente, o tempo é um elemento crítico para a equipe, que deve solucionar os casos antes que os corpos desapareçam para sempre.

Leia mais críticas de séries da Netflix

Desnatural-crítica-da-série-dorama-Netflix-2018
Cena do dorama “Desnatural”, da Netflix (Foto: Netflix / Divulgação)

Crítica da série Fiasco (2024)

“Desnatural” combina elementos de suspense e drama de maneira eficaz, apresentando casos semanais que, embora não sejam extremamente originais, são envolventes e bem desenvolvidos. O que realmente eleva a série são seus personagens ricos e as interações entre eles. Satomi Ishihara, como Mikoto Misumi, entrega uma atuação notável, ancorando a série com sua presença magnética. Os coadjuvantes, incluindo Yutaka Matsushige e Masataka Kubota, trazem profundidade e humor, complementando a dinâmica da equipe.

Um dos pontos fortes da série é como ela humaniza seus personagens. Apesar de serem profissionais altamente treinados, eles são retratados como indivíduos falíveis, com suas próprias lutas e dilemas pessoais. Isso agrega uma camada de realismo e empatia que muitas vezes falta em dramas médicos convencionais.

No entanto, “Desnatural” não se esquiva de explorar questões sociais profundas, como o estresse no trabalho e a igualdade de gênero, o que enriquece a narrativa. A série também se destaca pela sua habilidade em manter o suspense e o interesse do espectador, apesar de seu formato episódico.

Confira todas as críticas de filmes da Netflix

Conclusão

“Desnatural” é um estudo de personagens carismáticos e uma exploração perspicaz das realidades muitas vezes duras enfrentadas pelos patologistas forenses. Com um elenco talentoso, roteiro bem desenvolvido e direção competente, o dorama oferece uma visão inovadora e emocionante de um mundo frequentemente mal compreendido. Embora possa não revolucionar o gênero, a série certamente é digna de ser assistida.

  • Vai comprar na Amazon? Então ajude o Flixlândia adquirindo seus produtos pelo nosso link: https://amzn.to/41fnLbN

Onde assistir à série Desnatural (2018)?

O dorama japonês “Desnatural” está disponível para assinantes da Netflix.

Trailer do dorama Desnatural

Elenco de Desnatural, da Netflix

  • Satomi Ishihara
  • Arata Iura
  • Masataka Kubota
  • Mikako Ichikawa
  • Yutaka Matsushige

Ficha técnica de Desnatural (2018)

  • Título original: Unnatural
  • Direção: Ayuko Tsukahara
  • Roteiro: Akiko Nogi
  • Gênero: drama, suspense
  • País: Japão
  • Ano: 2018
  • Temporada: 1
  • Episódios: 10
  • Duração: de 45 a 59 minutos
  • Classificação: 16 anos

2 thoughts on “‘Desnatural’ aborda dilemas morais e humanos com maestria

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *