Em Confinamento crítica do filme da Netflix 2022 2023 (1)

Foto: Netflix / Divulgação

Lançado em 2022 pela Paramount Pictures, o filme “Em Confinamento” (Crawlspace) sequer chegou a passar pelos cinemas brasileiros, aportando em nosso território apenas agora em novembro pela Netflix. Se dependesse da qualidade do longa-metragem, nem precisava.

Leia também

‘Tubarão: Mar de Sangue’ bebe de boas fontes e não decepciona

‘Terror nas Profundezas’ e a injustiça com os tubarões

‘Sly’: documentário sobre Sylvester Stallone é sensacional

Sinopse de Em Confinamento

A trama é relativamente simples. Depois de testemunhar um assassinato brutal em uma cabana, o encanador Robert Mitchell (Henry Thomas) se esconde em um espaço rastejante de uma remota cabana do Oregon enquanto os assassinos vasculham a propriedade em busca de uma fortuna escondida. À medida que os criminosos se aproximam, nosso protagonista deve decidir se o confinamento será seu túmulo ou o campo de batalha em sua luta pela sobrevivência.

Em Confinamento é bom?

Rotulado como suspense, “Em Confinamento” é muito mais um filme de ação (ainda que não tenha tanta) do que o gênero autointitulado. Isso porque, em nenhum momento, a obra de L. Gustavo Cooper consegue imprimir qualquer tipo de tensão. Muito pelo contrário. O longa-metragem vai sempre caminhando por um lado previsível, empregando mais drama (que também não funciona) do que algum clima de aflição.

Ver Henry Thomas – nosso eterno menino de “ET – O Extraterrestre” – em cena novamente como protagonista de um filme é bacana, mas sua atuação, assim como os demais coadjuvantes, é bem mediana, mantendo o baixo nível da obra. Felizmente, os fãs podem ver o ator se destacar mais em produções recentes, como na minissérie “A Queda da Casa de Usher”, da própria Netflix, e “Cemitério Maldito: A Origem”, do Paramount+.

“Em Confinamento” tem péssimos diálogos, que chegam a causar vergonha alheia, como “vou comer sua mãe”, “eu sou encanador, lido com merda o dia todo”, “eu não acredito que trepei com você” e “devia me chupar para conseguir 10%”, por exemplo. Ainda que o filme tenha apenas 90 minutos, é difícil acompanhar até o final, com tanta previsibilidade, um amontado de clichês e um texto tão ruim.

Onde assistir ao filme Em Confinamento (2022)?

O filme “Em Confinamento” estreou neste sábado, dia 4 de novembro de 2023, no catálogo da Netflix.

Trailer do filme Em Confinamento, da Netflix (2022)

Em Confinamento: elenco do filme da Netflix (2022)

  • Henry Thomas
  • Bradley Stryker
  • Jennifer Robertson
  • C. Ernst Harth

Ficha técnica do filme Em Confinamento, da Netflix (2022)

  • Título original do filme: Crawlspace
  • Direção: L. Gustavo Cooper
  • Roteiro: Jacob D. Wehrman
  • Gênero: suspense
  • País: Estados Unidos
  • Ano: 2022
  • Duração: 90 minutos
  • Classificação: 16 anos

2 thoughts on “‘Em Confinamento’: a previsibilidade em formato de filme

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *