Crítica da série indiana "Heeramandi - O Bazar de Diamantes", da Netflix (2024)

Foto: Netflix / Divulgação

Heeramandi: O Bazar de Diamantes” (Heeramandi: The Diamond Bazaar) marca a estreia de Sanjay Leela Bhansali no universo das séries de streaming pela Netflix, um passo significativo para um cineasta conhecido por sua estética visual opulenta e narrativas intensamente dramáticas. Este projeto promete um olhar sofisticado sobre temas como liberdade, amor e resistência, tendo como pano de fundo um bordel em Lahore, durante a Índia pré-independência.

Leia também:

Sinopse de Heeramandi: O Bazar de Diamantes, da Netflix

Ambientada em Heeramandi, um distrito de prazeres em Lahore, a série segue a vida de Mallika Jaan, interpretada por Manisha Koirala. Mallika é a madame de um bordel de elite, que não só lida com as complexidades de seu estabelecimento mas também com as nuances da luta pela liberdade contra o domínio britânico. A série desenrola-se através de intrigas internas, romances proibidos e o constante jogo de poder entre as cortesãs, enquanto ecoa as agitações do movimento de independência da Índia.

Leia mais críticas de séries da Netflix

Cena da série Heeramandi - O Bazar de Diamantes, da Netflix
Cena da série “Heeramandi – O Bazar de Diamantes” (Foto: Netflix / Divulgação)

Crítica da série Heeramandi: O Bazar de Diamantes (2024)

Sanjay Leela Bhansali demonstra um domínio impressionante da narrativa visual em sua transição para o formato de série. Longe de se limitar ao esplendor visual de seus filmes, ele explora com profundidade os conflitos internos e externos de seus personagens, apresentando uma Lahore ricamente texturizada, que serve tanto de cenário quanto de personagem. A atuação de Manisha Koirala como Mallika Jaan é particularmente surpreendente, trazendo uma mistura complexa de ferocidade e vulnerabilidade que domina cada cena em que aparece.

No entanto, “Heeramandi” padece de alguns dos excessos típicos de Bhansali. A série, embora visualmente estonteante, às vezes se perde em seu próprio esplendor, com cenas que, apesar de belíssimas, não avançam a trama de maneira significativa. A narrativa às vezes se arrasta em detalhes estéticos em detrimento de uma progressão mais dinâmica da história.

Confira todas as críticas de filmes da Netflix

Conclusão

“Heeramandi: O Bazar de Diamantes” é uma série que, apesar de seus defeitos, reafirma o talento de Sanjay Leela Bhansali para criar mundos imersivos e visualmente deslumbrantes, mas também mostra sua capacidade de adaptar sua sensibilidade cinematográfica para o streaming, tratando de temas sérios como liberdade e resistência com a dignidade que merecem.

Embora possa não capturar completamente a sutileza dos dramas humanos mais íntimos, o cineasta oferece um espetáculo que é tanto um deleite visual quanto uma reflexão provocativa sobre o passado e suas repercussões no presente.

  • Vai comprar na Amazon? Então ajude o Flixlândia adquirindo seus produtos pelo nosso link: https://amzn.to/41fnLbN

Siga o Flixlândia nas redes sociais

Onde assistir à série Heeramandi: O Bazar de Diamantes (2024)?

“Heeramandi: O Bazar de Diamantes” está disponível para assinantes da Netflix.

Trailer da série Heeramandi: O Bazar de Diamantes

Elenco de Heeramandi: O Bazar de Diamantes, da Netflix

  • Manisha Koirala
  • Sonakshi Sinha
  • Aditi Rao Hydari
  • Sharmin Segal
  • Richa Chadha
  • Sanjeeda Shaikh
  • Farida Jalal
  • Indresh Malik

Ficha técnica de Heeramandi: O Bazar de Diamantes (2024)

  • Título original: Heeramandi: The Diamond Bazaar
  • Criação: Sanjay Leela Bhansali
  • Direção: Sanjay Leela Bhansali
  • Roteiro: Sanjay Leela Bhansali, Divy Nidhi Sharma
  • Gênero: drama
  • País: Índia
  • Ano: 2024
  • Temporada: 1
  • Episódios: 8
  • Duração: de 47 a 62 minutos
  • Classificação: 16 anos

2 thoughts on “‘Heeramandi: O Bazar de Diamantes’ é um deleite visual

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *