Jogo Justo Filme Netflix 2023

Foto: Netflix / Divulgação

Em ‘Jogo Justo’ (Fair Play), suspense dramático com toques de terror psicológico que estreou recentemente na Netflix temos Emily e Luke, um casal apaixonado e altamente sexual, que exalam amor e química desde o primeiro momento.

A relação perfeita é coroada com um pedido de casamento e, embora trabalhem juntos e precisem manter o romance em segredo, tudo segue caminhando para um futuro promissor. Até que uma nova vaga para gestor surte,  e o amor é colocado à prova, já que apenas um dos dois poderá assumir o novo posto.

Leia também

Amor, narcisismo e inveja

Em seu filme de estreia a diretora e também roteirista Chloe Domont entrega um thriller excelente que cria uma conexão que atravessa a tela. ‘Jogo Justo’ é intenso e sensual nos primeiros atos, frio e calculista ao apresentar o escritório e extraordinário desenvolvendo seus personagens. O filme é tão crítico em abordar como o sexismo interfere na carreira das mulheres que só podia ter a mão de uma mulher por trás do roteiro.

Emily é doce e eficiente, Luke é forte e incisivo. Ao ser promovida e voltar para a casa, antes de dar a notícia ao noivo de que a vaga que ele desejava agora é dela, é possível ver o terror já implícito nos olhos dela: ela sabe o que ele seria capaz de fazer por esse cargo, poucas horas antes ele já havia mencionado. A atuação de Phoebe Dynevor bem conhecida por seu papel em Bridgerton aqui mostra que ela é versátil e capaz de personagens com várias camadas.

Ao ser promovida e ver seu relacionamento ir por água abaixo, Emily ainda tenta salvar o que ama, mas seus passos ficam cada vez mais firmes enquanto ela sente o poder começar a ser exercido. Aliás, poder é uma palavra que está em cada cena bem dirigida do filme, aqui os ângulos sempre falam sobre a hierarquia dos personagens.

Luke vai num oposto bem executado também, de cavalheiro e romântico à grosso e abusador, se você quer conhecer um homem, tire o poder dele. Ao sentir que a noiva tem uma função acima da dele, sua performance sexual desanda e muito mais que isso, ele começa a questionar o que poderia ter acontecido para que Emily obtivesse sucesso, colocando em cheque a carreira dela e também a sua honra.

Caminhando para o fim, conhecemos a verdadeira face de nossos protagonistas e o ápice da festa de noivado, uma cena que pode conter um gatilho para o público, inclusive, culmina em Emily entendendo que precisa fazer uma escolha em que uma das opções é ela mesma. Enquanto muitas mulheres trocam chances de carreira por relacionamentos medíocres, nossa protagonista encerra o longa magistralmente.

‘Jogo Justo’ vai despertar em você ódio, desejo de vingança, medo e, principalmente, indignação por saber que a realidade é ainda bem pior do que aquilo que a tela apresenta.

Onde assistir ao suspense Jogo Justo (2023)?

O filme Jogo Justo estreou nesta sexta-feira, dia 6 de outubro no catálogo da Netflix.

Trailer do filme Jogo Justo, da Netflix (2023)

Jogo Justo: elenco do filme da Netflix (2023)

  • Phoebe Dynevor
  • Alden Ehrenreich
  • Eddie Marsan

Ficha técnica de Jogo Justo, novo filme da Netflix (2023)

  • Título original do filme: Fair Play
  • Direção: Chloe Domont
  • Roteiro: Chloe Domont
  • Gênero: Suspense, Drama
  • País: Estados Unidos da América
  • Ano: 2023
  • Duração: 113 minutos
  • Classificação: 18 anos

Sobre o autor

6 thoughts on “‘Jogo Justo’ é um terror psicológico sobre amor e inveja

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *