Ponto Final Crítica da série brasileira com Rodrigo Sant'Ann Netflix (2024)

Foto: Netflix / Divulgação

Humorista revelado no divertido “A Diarista” (2004-2007), Rodrigo Sant’Anna “ganhou” mesmo o Brasil com seus diversos personagens em “Zorra Total”, principalmente com a desbocada Valéria Vasques. Com a fama, o ator começou a produzir, dirigir e escrever tanto filmes quanto séries.

A mais nova série de Sant’Anna é “Ponto Final”, comédia pastelão que chegou nesta quarta-feira (17) no catálogo da Netflix. Mas o que esperar de uma produção do comediante? O de sempre, ou seja, essa não é uma boa afirmação.

Leia também

Quarta temporada de ‘Demon Slayer: Kimetsu no Yaiba’ mantém o nível do anime

‘DanMachi – É Errado Tentar Pegar Garotas numa Masmorra?’: 3ª temporada tem ótimos momentos, mas execução irregular

Terceira temporada de ‘Sonic Prime’ encerra (?!) bem a saga do querido personagem

Sinopse de Ponto Final

Em “Ponto Final”, um casal divorciado que ainda vive sob o mesmo teto é obrigado a passar pelos perrengues do dia a dia juntos, enquanto trabalham como motoristas num terminal de ônibus do Rio de Janeiro – Sandra (Roberta Rodrigues) num coletivo, Ivan (Rodrigo Sant’Anna) numa van clandestina.

Leia mais críticas de séries da Netflix

Vale a pena ver Ponto Final?

Gravada com plateia, a série tenta emular um pouco do finado “Sai de Baixo”, com direito a erros na hora da gravação, risos fora de hora, esquecimento de falas, entre outras situações que só uma produção do tipo pode proporcionar. Algumas dessas cenas até arrancam risadas, justamente pela autenticidade e reações genuínas. Mas acaba resultando em um “Zorra Total” ou até mesmo a esses diversos sitcoms sem graça do Multishow.

Além disso, ao escrever o roteiro de “Ponto Final”, Santa’Anna parece ter anotado todos os clichês e estereótipos possíveis, lançando milhares de chavões muito conhecidos do público a cada fala de algum personagem. Isso acaba tirando a espontaneidade que algumas sequências ofereciam. É tanto bordão por minuto que chega a ficar cansativo acompanhar a série até o final, mesmo com apenas sete episódios de somente 24 minutos.

A elogiar, a construção do cenário, que mesmo teatral, consegue transmitir alguma veracidade para o espectador, mesmo que não seja o objetivo final. A quebra da quarta parede, embora não seja um recurso inovador, também é divertido, conversando com o público tanto da Netflix quanto ao que assistia à gravação. Entre as personagens, destaque para as interpretadas por Nany People e Polly Marinho, que reúne algumas das melhores cenas. Ainda assim, essas características não fazem de “Ponto Final” algo diferente na mesmice do pastelão brasileiro.

Leia críticas de filmes da Netflix

Conclusão

“Ponto Final”, a nova incursão de Rodrigo Sant’Anna na Netlfix, é tudo o que você poderia esperar do humorista. Se você não gosta dos trabalhos do comediante, passe longe. Agora, se você é fã, vá em frente e dê o play na série. Mas até mesmo quem admira o ator, pode começar a se cansar dessa fórmula tão repetitiva.

  • Vai comprar na Amazon? Então ajude o Flixlândia adquirindo seus produtos pelo nosso link: https://amzn.to/41fnLbN

Siga o Flixlândia nas redes sociais

Onde assistir à série brasileira Ponto Final?

A série “Ponto Final” estreou nesta quarta-feira, dia 17 de janeiro de 2024, no catálogo da Netflix.

Trailer da série Ponto Final, da Netflix (2024)

Ponto Final: elenco da série da Netflix (2024)

  • Roberta Rodrigues
  • Rodrigo Sant’anna
  • Faiska Alves
  • Polly Marinho
  • Nany People
  • Tuca Andrada
  • Thaynara Og
  • Vittor Fernando

Ficha técnica da série Ponto Final, da Netflix (2024)

  • Título original da série: Ponto Final
  • Criação: Rodrigo Sant’Anna
  • Direção: Luciano Sabino
  • Roteiro: Rodrigo Sant’Anna
  • Gênero: comédia
  • País: Brasil
  • Ano: 2024
  • Temporada: 1
  • Episódios: 7
  • Duração: 24 minutos
  • Classificação: 12 anos

1 thought on “‘Ponto Final’ é o Rodrigo Sant’Anna de sempre (e isso não é bom)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *