Olá, Fantasma crítica do filme taiwanês da Netflix 2023

Foto: Netflix / Divulgação

Remake do filme homônimo sul-coreano de 2010, “Olá, Fantasma!” (Hello Ghost) é uma comédia taiwanesa que aborda o tema delicado do suicídio e vida após a morte. Ao lidar com assuntos como solidão, perda familiar e o pós-vida, o longa-metragem procura encontrar um equilíbrio entre o humor e a sensibilidade.

Leia também

‘Enforcados 3’ tem bons predicados, mas é apenas um entretenimento passageiro

‘Vizinhos Nada Secretos’ desperdiça o potencial do ótimo elenco

Polêmico ‘Cara a Cara com o ETA’ é inconclusivo

[LISTA] Filmes de Natal originais da Netflix para você curtir o fim de ano

Sinopse de Olá, Fantasma!

A trama gira em torno de Ah Wei (Tseng Jing-hua), um jovem solitário e infeliz que decide acabar com sua vida devido à solidão. No entanto, suas tentativas de suicídio falham e, após a última tentativa, ele é internado no hospital, retornando com a habilidade de ver diversos fantasmas, desde crianças até idosos. Esses seres se tornam companhias persistentes, mostrando ao menino as magnificências da vida e incentivando-o a não retornar à escuridão.

Leia mais críticas de filmes da Netflix

Olá, Fantasma é bom?

A ideia de mortos ensinando aos vivos e deprimidos o significado da vida é comovente e poderosa. Nos primeiros 10 minutos, o filme aborda temas sombrios relacionados à solidão e ao desejo de autodestruição, mas a narrativa rapidamente assume uma tonalidade mais esperançosa. Os fantasmas servem como catalisadores para Ah Wei, proporcionando-lhe uma segunda chance para realizar o que antes lhe era impossível.

A transformação de Ah Wei, de alguém sem vontade de viver para alguém que ajuda outra pessoa a se sentir viva, é retratada de maneira notável por Tseng Jing-hua. Ivy Shao, como Yu Hsiao-yin, adiciona uma camada ainda mais emotiva à narrativa, bem auxiliado pelos personagens coadjuvantes.

Embora o filme mantenha o espectador envolvido com o humor e a interação descontraída entre Ah Wei e os fantasmas, ele atinge em cheio quando adota uma abordagem emocional. Os últimos 30 minutos são repletos de momentos intensos e cativantes que podem levar os espectadores mais sensíveis às lágrimas. A habilidade de equilibrar emoções é admirável, mantendo o foco na mensagem central da história.

Leia críticas de séries da Netflix

Conclusão

“Olá, Fantasma” é mais do que um filme simplesmente agradável; é uma obra que oferece uma lição valiosa sobre a vida a partir da perspectiva dos mortos. A jornada de Ah Wei, combinada com as performances cativantes e as subtramas bem elaboradas, fazem da produção uma escolha ideal para ser assistida. Seja você assistindo sozinho ou com entes queridos, a obra proporciona uma experiência envolvente e reflexiva.

  • Vai comprar na Amazon? Então ajude o Flixlândia adquirindo seus produtos pelo nosso link: https://amzn.to/41fnLbN

Siga o Flixlândia nas redes sociais

Onde assistir ao filme Olá, Fantasma (2023)?

O filme “Olá, Fantasma” estreou nesta segunda-feira, dia 18 de dezembro de 2023, no catálogo da Netflix.

Trailer do filme Olá, Fantasma, da Netflix (2023)

Olá, Fantasma: elenco do filme (2023)

  • Tseng Jing-hua
  • Ivy Shao
  • Lu Yi-ching
  • Jia-Yin Tsai
  • Yu-Wei Shao
  • Tsai-Hsing Chang

Ficha técnica do filme Olá, Fantasma (2023)

  • Título original do filme: Wo de ma ji 4 ge gui
  • Direção: Pei-Ju Hsieh
  • Roteiro: Ching-wen Chou
  • Gênero: comédia
  • País: Taiwan
  • Ano: 2023
  • Duração: 103 minutos
  • Classificação: 16 anos

Sobre o autor

1 thought on “‘Olá, Fantasma!’ traz uma bela lição de vida

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *